De Rigo renova com Escada

A corporação italiana e a grife alemã renovaram o contrato de licença para criação, produção e distribuição mundial da coleção de armações de receituário e óculos solares até 2023. Já são 13 anos de parceria: o primeiro acordo foi assinado em 2004.

A Escada foi fundada em 1976 pelo casal Wolfgang e Margaretha Ley, em Munique, Alemanha. Margaretha nasceu em 1933, na Suécia, e sempre teve paixão por moda. Estudou design na Corte Real, em Estocolmo, foi eleita miss Suécia e mudou-se para Paris, onde trabalhou como modelo e aperfeiçoou suas técnicas de costura, modelagem e estilo. Trabalhou com um dos grandes nomes da alta costura no pós-guerra, o francês Jacques Fath, e comandou a fábrica de tricô do primeiro marido, com quem teve dois filhos, após sua morte.

Tudo isso antes de conhecer o empreendedor de família alemã, Wolfgang Ley, nascido em 1937 nos Estados Unidos, e parceiro incansável da estilista na construção de sua marca própria. Apesar do lançamento da primeira coleção em 1976, o sucesso só veio dois anos depois, quando a grife foi “batizada”: o nome “Escada” surgiu em 1978, em homenagem a um cavalo de corrida irlandês, no qual o casal apostou e ganhou.

Margaretha morreu de câncer em 1992, aos 59 anos, e Wolfgang se aposentou em 2006. Nesse mesmo ano, a Escada foi comprada pela executiva indiana Megha Mittal, nora do magnata Lakshimi Mittal, e disputou a negociação até mesmo com o filho dos fundadores da empresa, Sven Ley. Seus investimentos reestruturaram a empresa e possibilitaram o bem-sucedido posicionamento atual da marca no segmento de luxo, com atual direção criativa do britânico Niall Sloan.

 

Na rede

       

 

468 ad