[Espaço do Eric] O novo cenário da óptica brasileira Parte 2

O óptico francês Eric Gozlan está estabelecido em Curitiba com a Eric Gozlan Lunettes e a Speks

Como fazer o cliente priorizar a sua loja e não a do vizinho? O primeiro pilar para convencê-lo a investir na sua óptica é a confiança. Confiar no fornecedor é a base de qualquer relação comercial. No entanto, em um cenário de incertezas econômicas e políticas, a confiança se torna prioridade absoluta.

Obviamente, o cliente deve ter confiança na sua óptica e nos produtos que ela comercializa. Se você hesitar, não souber argumentar bem ou não responder uma objeção com clareza, o cliente poderá desconfiar e desistir da compra. Assim, a argumentação tem de ser impecável, clara e, sobretudo, adaptada ao dia a dia do cliente, que deve sentir que você está propondo uma solução única e personalizada. Caso ache que você está oferecendo uma opção genérica, a relação de confiança será quebrada.

Tão importante quanto, a confiança passa também por vários critérios (tangíveis ou intangíveis) como organização da loja, apresentação da equipe de venda, tempo de existência da óptica, garantias etc.

No mesmo plano, a força de uma marca ressurge quando se fala em confiança. Marcas fortes transmitem confiança ao cliente que, obviamente, acreditará mais em uma marca forte, de confiança, do que em uma da qual nunca ouviu falar.

 

468 ad