Mido: recorde atrás de recorde

Três anos consecutivos de muito sucesso e recordes de público. Assim, segue a Mido rumo às suas cinco décadas de existência. Este ano, em sua edição de número 47, realizada de 25 a 27 de fevereiro, recebeu 55 mil visitantes de todas as partes do mundo e criou novas atrações para continuar surpreendendo seu público.

Texto Andrea Tavares

Corredores cheios, recorde de público e alto engajamento nas redes sociais foram os ingredientes de sucesso de mais uma edição da Mido, a feira italiana realizada no Fieramilano Rho, o centro de exposições situado nos arredores de Milão e que sedia a feira desde 2007. Pelo terceiro ano consecutivo, a feira contabilizou recordes de visitação: depois de anos beirando os 42 mil visitantes, em 2015 foram 49 mil profissionais e, no ano passado, 50 mil visitantes. E, no fim do dia 27 de fevereiro, quando fechou os portões de sua edição 2017 pela última vez, a feira milanesa cravou o total de 55 mil profissionais, avanço de 7,7% em relação ao ano passado, movimentando a óptica mundial nos estandes de mais de 1,2 mil expositores de várias partes do mundo, sendo que 130 estrearam este ano no evento.

Foram sete pavilhões, do 1 ao 7, perfeito para quem vai de metrô e já entra direto na feira – houve anos em que o evento ocupou os pavilhões no outro extremo do centro de exposições e então era preciso andar, em dias gelados de inverno, pelo menos 20 minutos até chegar à feira em si.

A organização revelou que o horário de maior pico de visitação foi o meio da tarde e o público local seguiu demonstrando sua preferência pelo sábado e o domingo para visitar a feira. Novamente, a Mido ofereceu trem gratuito das cidades de Bolonha, Florença, Roma e Veneza direto para a estação Rho, situada na entrada do pavilhão.

 

Arte metafísica

Para sua edição de número 47, a feira italiana manteve a mesma linha de comunicação visual, contando com a direção criativa de Paolo Licci pelo terceiro ano consecutivo. Este ano, a principal inspiração foi a geometria espacial do pintor italiano Giorgio de Chirico, um dos ícones da arte metafísica e considerado um dos precursores do movimento surrealista. Estrelando a campanha, a modelo italiana Lidia Comini. Com isso, a praça do Fashion District

(do inglês, “distrito fashion”) – uma das principais áreas da feira, que congrega em um único pavilhão as maiores fábricas de óculos do planeta – ganhou novamente um espelho por toda a extensão do teto que refletia uma gigantografia aplicada no piso com uma das imagens da campanha.

E, em tempos digitais, o novo slogan passou a ser acompanhado de hashtag (o símbolo de jogo da velha usado para classificar os assuntos em redes sociais): #livethewonder (do inglês, algo como “viva a maravilha”), com o objetivo de continuar surpreendendo seu público – e, certamente, a missão foi mais que cumprida com um novo recorde de visitação. E a repercussão nas redes sociais refletiu o sucesso: cerca de 20 mil publicações com as hashtags #Mido2017 e #LiveTheWonder.

 

Mais para o Mais!

O espaço “More!” (do inglês, “mais!”) já foi lançado no ano passado com sucesso e este ano foi ainda mais turbinado: além de abrigar a LabAcademy, a área que é uma derivação do Mido DesignLab e reúne a vanguarda da vanguarda do design óptico, com as mais visionárias marcas de design óptico do planeta – daqueles lugares que fazem os amantes de óculos delirarem -, abrigou uma exposição que foi sucesso absoluto de público.

A mostra The glasses hype, advertising & eyewear: from medical device to icon (do inglês, “a febre dos óculos, publicidade e óptica: de instrumento de correção a ícone”) convidou o público para um tour pela história dos óculos e das lentes por meio das campanhas publicitárias, de 1900 até a atualidade, o que mostra como mudou a sua percepção, tornando-se itens de desejo nos dias de hoje. Cerca de 5 mil fotos contavam a história dos óculos, emocionando e surpreendendo os visitantes, promovendo uma viagem por suas próprias memórias.

The glasses hype: a exposição incrível que contou a história dos óculos e das lentes por meio das campanhas publicitárias desde 1900

 

Sabores da Ásia

O pavilhão FAiR East, que reúne os expositores asiáticos ganhou um valor agregado e tanto: o restaurante Asian Gourmet. Perfeito para saciar a fome após andar corredores e mais corredores em busca das melhores oportunidades de negócios entre as empresas da Ásia.

 

Até breve!

A Mido já tem data marcada para 2018: 24 a 26 de fevereiro. Felizmente para os brasileiros, dessa vez, o evento não coincidirá com o Carnaval que, no ano que vem, será em 13 de fevereiro (a terça-feira).

468 ad